Sobre


Viticultura - Luís C Menezes
Este vinho de duas castas, Loureiro e Arinto, são provenientes da Quinta da Cotovia, Quinta de Vila Meã e Quinta de Paços, todas em Barcelos.
Solo: Os solos são de origem granítica não porfiroide de grão médio, e rico em quartzo. A vinha é em cordão simples ascendente a 1,0 m de altura do solo.
Tempo: Verões quentes e invernos frios sem gelo ou neve.
Castas: Loureiro 80% e Arinto 20%
A produção das uvas é realizada respeitando o meio ambiente, está certificada como "Produção Integrada".

Enologia - Rui W Cunha
A adega situa-se na Quinta de Paços, em Rio Covo, Sta Eulália, Barcelos.
As uvas são colhidas manualmente e desengaçadas sendo uma parte sujeita a maceração pelicular durante cinco horas com controlo da temperatura. Depois de decantado, o mosto é fermentado em cubas de aço inoxidável a baixas temperaturas, ficando o vinho sobre as borras finas com "batonnage" até à preparação do engarrafamento.

Características Físico-Químicas
Álcool: 11,9%;
Acidez total: 6,9 g/l;
Açúcares totais: 5,6 g/l;
pH: 3,12
Código EAN: 560 6681 11500 9
Peso da caixa de 6 garrafas: 7,88 kg
Dimensões: 330x232x154 mm

Colheita


Medalha de Ouro

Colheita de 2008-2009
Rotary Clube de Vila Verde Concurso dos Vinhos Verdes Maio/2009

Medalha de Prata

Colheita de 2010-2012
Paixão do Vinho 17/20 Muito Bom
Decanter World Wine Awards Bom valor, aromas refrescantes de vinho de verão. Aroma floral e groselha com melão e pera, acidez cítrica fresca.
Colheita de 2008-2009
MUNDUSvini Great International Wine Awards Set/10: Medalha de Prata
MUNDUSvini Great International Wine Awards Set/09: 84 pontos
Colheita de 2005 -2007
Wineanorak.com – Jamie Goode – Um lote de Loureiro e Arinto, é vivo, fresco e cítrico com algumas notas herbáceas e um fim citrino: 87/100

Medalha de Bronze

Colheita de 2012-2013
Escanção
Colheita de 2011
Paixão do Vinho Jul 2012: 16,3 Bom
Colheita de 2010
Vinum Alemanha e Suiça: 16 pontos
Paixão do Vinho Out 2011: 16,3 Bom
Escanção Jul/09: Boa côr citrina, bom nariz com intensidade e elegância, sabor macio e fresco, confirma a sua subtileza e termina apelativo. Consumir a 10oC. Óptimo até 2010: 82 pontos - Bom
MUNDUSvini Great International Wine Awards Set/08: 80 pontos
Escanção n.º 91 Aroma maduro, com traços tropicais e cítricos, bom volume na boca. Acidez e potência e um bom final personalizado: 81 – Muito bom
Fugas (...) No nariz, este Casa de Paços revela aínda as sensações de fruta fresca, características da região, embora numa intensidade moderada. Mas é na densidade da sua prova de boca que se percebe que este é, no mínimo, um Verde diferente. Um vinho gordo, e envolvente, que aínda assim conserva uma boa acidez, com um bom potencial gastronómico que vale a pena experimentar. (...) 7,50 /10
Colheita de 2003 -2004
Nectar Jul/04: 87/100
MUNDUSvini Great International Wine Awards Set/05 "Muito Boa Qualidade" 17 valores