Sobre


Viticultura - Luís C Meneses
A casta Fernão Pires, também designada por Maria Gomes na região da Bairrada, é produzida na Quinta de Paços situada na freguesia de Rio Cõvo Santa Eulália, Barcelos.
Solo: é granítico, não porfiroide de grão médio a grosso, rico em quartzo, e está a uma altitude média de 83 m. O terreno é plano e situa-se num vale.
Tempo: Verões quentes e Invernos frios, sem risco de geadas.
Vinha: em cordão duplo bilateral ascendente a 1 metro do solo.
Casta: Fernão Pires
A produção das uvas respeita o meio ambiente, está certificada como "Produção Integrada".

Enologia - Rui W Cunha
A adega fica situada na Quinta de Paços, junto a esta vinha. As uvas são desengaçadas sendo parte delas sujeita a maceração pelicular durante cerca de cinco horas, com controlo da temperatura. Depois de decantado, o mosto é fermentado em cubas de aço inoxidável a baixa temperatura , ficando o vinho sobre as borras finas com "batonnage" até à preparação do engarrafamento.

Características Físico-químicas
Álcool: 11,4 %;
Acidez total: 6,2 g/l;
Açúcares totais: 14.6 g/l;
pH: 3,27
Código EAN: 560 6681 11500 9
Peso da caixa de 6 garrafas: 7,88 kg
Dimensões: 330x232x154 mm

Colheita


Colheita de 2013
MUNDUSvini: 81 pontos

Colheita de 2012
MUNDUSvini: 82 pontos

Colheita de 2011
Medalha de Prata, AWCvienna Set/12 : Cor: citrina definida, aspecto cristalino. Aroma: Muito interessante, comunicativo; predominante em frutos citrinos, frutos de polpa branca e notas florais. Sabor: Corpo definido, com boa frescura e acidez a equilibrar o conjunto, frutado intenso, deixa um final elegante e persistente.

Colheita de 2010
Medalha de Prata, AWCvienna Set/12
Escanção Agosto/2011 85 pontos
Harpers Wine and Spirit Trades Review TOP TEN Nel Phillips: Uma das surpresas reais da prova da Viniportugal foi encontrar um Fernão Pires do Minho porque tipicamente esta casta é plantada normalmente no sul no Tejo e Bairrada. Quinta de Paços plantou algum Fernão Pires em 2003 e os resultados são excitantes. O seu Fernão Pires de 2010 tem aromas de sumo de pera e doces cozidos , num estilo apelativo, fácil de beber, de aroma cheio delicadamente equilibrado com uma acidez brilhante.
Medalha de Prata, International Wine and Spirits Competition
Paixão Pelo Vinho n.o 45/2011 16,5/20 pontos

Colheita de 2009
International Wine and Spirit Competition -IWSC-: Amarelo palha aguado, com reflexos verdes. Aroma atraente a angelica, lichias e um toque a especiarias. Excelente equilíbrio entre a acidez e o açucar/especiarias, fresco, estimulante com nuances exóticas. Fim de boca longo (Melhor da Classe)
Medalha de Prata, MUNDUSvini
Medalha de Prata, AWCvienna Out/10

Colheita de 2008
Concurso Premios Arribe del Duero